Seguidores

domingo, 8 de maio de 2011

Meu nome é Rádio

Dia desses assisti um filme na faculdade chamado: Meu nome é Rádio. A obra conta a história real Robert Kennedy, um jovem com problemas mentais o “Rádio” apelidado por sua predileção pelo eletrônico, que com seu caráter ensina muito aos moradores de uma pequena cidade de no interior dos Estados Unidos.
Rádio passa todos os dias em frente ao campo de treinamento do futebol americano na temporada, e sua presença causa curiosidade de uns e incomoda outros. Com o passar dos dias o Treinador Harold Jones, vivido por Ed. Harris vai buscando uma proximidade até que ganha a confiança de Rádio, integrando-o nos treinos e jogos oficias como ajudante. Essa atitude gera muito preconceito por parte de toda a sociedade, o professor é alvo de comentários maldosos e vítima de denúncias caluniosas visto que alguns acreditam que a presença de Rádio é prejudicial simplesmente pela sua cor e deficiência.
Meu nome é Rádio é um filme lindo, transmite sentimentos que nos fazem refletir sobre nossa maneira de olhar as pessoas e acima de tudo, de olhar a nós mesmos. Percebemos ainda o quanto um portador de qualquer necessidade especial é rejeitado pela sociedade, é justamente essa sociedade que deve incluí-lo.
O filme nos mostra que é possível acreditar nos nossos sonhos e conquistá-los. Indico esse filme para qualquer um, pois vale muito assistir cada cena.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Modelos de relatórios para o 2º ano

a) Registro (s) do processo de desenvolvimento cognitivo e sócio afetivo do (a) e intervenções pedagógicas realizadas: Arthur Ferreira...