Seguidores

sábado, 19 de abril de 2014

PLANEJAMENTO PARA A 14ª SEMANA LETIVA

Jardim I vespertino
Professora Mirella Azenha
PLANEJAMENTO PARA A 14ª SEMANA LETIVA
DE 28  de abril à 2 de maio.
Conteúdos e habilidades para a semana:


1.  Linguagem oral e escrita: Letra F, Palavras: Faca, Fada, Feijão, Farofa, Filho, Fedido.
Habilidades:
·       Associar imagens a suas palavras correspondentes;
·       Conhecer e reproduzir o som da letra F, Descrever histórias (reconto);
·       Identificar, grafar e vocalizar os fonemas da letra F;
·       Desenvolver expressão oral por meio da expressão de ideias e opiniões;
2.  Conhecimento lógico e matemático: Noções de capacidade e de massa: cheio/vazio, pesado/leve.
Habilidades:
·       Registrar ações;
·       Estruturar a localização de elementos adotando um referencial;
·       Compreender a sequência crescente dos numerais (1 a 10)
3.  Natureza e sociedade:
Dia do trabalho. Vida das abelhas.
Habilidades:
·       Compreender a importância do trabalho e sua função social;
·       Conhecer algumas profissões;
·       Conhecer um pouco sobre as abelhas e favos de mel.
4.  Movimento/coordenação motora: Manusear tesoura segurando da maneira adequada a produzir cortes no papel.
Habilidades:
·       Aprender os movimentos da amarelinha para pular usando os dois pés juntos e pular de um pé só;
5.  Artes Visuais: Releitura de Cândido Potinari.
Habilidades:
·       Desenvolver coordenação motora por meio de pintura em tecido com pincel;
·       Adquirir elementos para apreciação de uma obra de arte 
·       Construir uma releitura de obra consagrada 
Perceber o uso das cores como estratégia para criar contrastes e noção de profundidade 
·       Reconhecer diferentes formas de representação de um mesmo ser ou objeto 
·       Expor ideias e impressões a partir de uma obra de arte 
·       Identificar, valorizar e respeitar a diversidade das produções individuais.
6.  Valores: Cooperação.
Habilidades:
·       Compreender o significado da cooperação utilizá-la no dia-a-dia;
·       Aprender a esperar sua vez de realizar algo;
·       Auxiliar seus companheiros espontâneamente.
7.  Brincadeira/jogo: Dominó e amarelinha
Habilidades:
·       Aprender as regras das brincadeiras;
·       Aprender os numerais de maneira lúdica.




Recursos materiais a serem utilizados:


·       Material de registro (lápis de escrever, giz de cera, lápis de cor, canetinhas);
·       Aparelho de som, Cd;
·       Tesoura e cola;
·       Tinta Guache;
·       Atividades xerocadas;
·       Papel A3 e A4;
·       Material informativo impresso;
·       Livros de literatura.


Fontes de pesquisa:
·       CAGLIARI, Luiz Carlos. Alfabetização sem o BA-bé-bí-bó-bú. 2ª Ed. São Paulo: Scipione, 2010. p. 423.
·       RIZZO, Gilda. Alfabetização Natural. 2ª Ed. Rio de Janeiro: Bertrand, 2002. p. 284.
·       Coleção vai começar a brincadeira, Manual pedagógico. FTD, 2011.
SEGUNDA-FEIRA, 28 DE ABRIL
·       14:00 ÀS 14:45:  Rotina. Explorar a caixa surpresa com objetos concretos e simbólicos como: Faca, Fantasma, favo, folha de árvore, folha de papel, Ferro de passar. Ler para as crianças informações sobre favos de mel, mel, abelhas, trabalho, cooperação. Levar um pouquinho de mal para as crianças experimentarem. Mostrar um vídeo curto sobre as abelhas e sua vida na colmeia. Fazer atividades sobre a letra F no caderno (Preencher a letra F com pedaços de papel picado). Confeccionar cartaz sobre coisas com a letra F.
·       14:45 às 15:30: Informática.
·       15:30 às 16:00: Lanche e higiene.

·       16:00 às 17:30: Continuar o trabalho no caderno e atividades xerocadas.

·       17:30 às 17:45: Saída na brinquedoteca.
TERÇA-FEIRA, 29 DE ABRIL
·       14:00 ÀS 14:30: Rotina. Usar a caixa surpresa para apresentar para as crianças o artista Brasileiro Cândido Portinari, realizar a “análise” (cores, temas, cenários, pessoas, sentimentos) das seguintes obras: Flores (1941), Café (1934-1935), Futebol em Brósdosqui (19350)
  
 
·       Confeccionar trabalho de releitura. Do site: http://revistaguiainfantil.uol.com.br/professores-atividades/96/artigo211830-1.asp
Releitura da obra Flores (1941), de Candido Portinari
Primeira parte:
observação 

1. Organize as crianças em círculo.
2. Apresente a reprodução da obra (em tamanho que as crianças possam observar detalhes).
3. Peça às crianças que contem suas impressões sobre a obra: o que estão vendo? O que sentem ao observá-la (amor, raiva, paz, sossego etc.)? Como são as flores? Todas são iguais? O que há de diferente entre elas? E as cores, dão sensação de quente ou frio? Onde estão as cores mais claras? E as mais escuras? Caso o pintor usasse uma cor mais escura atrás do vaso, como ficaria a pintura?
4. Faça intervenções que permitam às crianças reconhecer os recursos utilizados pelo artista para expressar-se: cores, formas, posição; e o quanto isto interfere na maneira como o observador interpreta a obra.
Segunda parte:
mãos à obra!

1. Proponha às crianças que cada uma reproduza a obra observada levando em consideração tudo o que foi falado na roda de apreciação.
2. Peça que as crianças pintem uma folha de sulfite branca com o dedo, de uma só cor, para formar o fundo da tela (atrás do vaso).
3. Enquanto a folha seca, peça às crianças que desenhem em outra folha de sulfite o vaso e as flores e pinte-os também com guache, utilizando o dedo. Acompanhe a opção das crianças quanto às cores e, se necessário, faça intervenções relembrando o que foi discutido no grupo.
4. Após estarem secas, solicite às crianças que recorte as flores e o vaso para montagem do quadro.
5.Com as figuras recortadas, as crianças as dispõem sobre a folha de sulfite pintada, observando a organização espacial. Se necessário, retorne ao quadro de Portinari para que eles tenham um apoio visual. Determinada a disposição, peça às crianças que façam a colagem.
6. Após terem colado o vaso e as flores, disponibilize as tintas para as crianças para que elas complementem sua obra, caso achem necessário.
7. Quando o trabalho estiver seco, cole sobre um pedaço de papel cartão colorido, mantendo uma margem de 2 cm que servirá como moldura.
Para concluir a atividade
Exponha os trabalhos próximos à obra de inspiração. Novamente, reúna as crianças e peça que observem como cada um fez a sua releitura e como elas são diferentes entre si, apesar de terem sido inspiradas na mesma fonte. Este é um momento oportuno para que as crianças reflitam como todos somos diferentes uns dos outros e, assim, cada um absorve de uma forma o que o artista propôs e faz uma produção diferente, mas que tem o mesmo valor.
Plano B: Pintar o fundo de uma folha, com esponja. Esperar secar. Pintar um vaso usando stêncil, esperar secar. Por fim, pintar as flores usando pincel.
·       14:30 às 15:30: Lego Zoom.
·       15:30 às 16:00: Lanche e higiene.
·       16:00 às 17:30: Continuar atividade.
·       17:30 às 17:45: Saída na brinquedoteca.
           
QUARTA-FEIRA, 30 DE ABRIL
·       14:00 às 15:30: Rotina. Continuar o trabalho do dia anterior (cortar o vaso e as flores).
·       15:30 às 16:00: Higiene.
·       16:30 às 16:45:  Explicar para as crianças o feriado do dia seguinte e por que ele existe. Perguntar para as crianças qual a profissão/trabalho dos pais. Entregar revistas e tesouras para os alunos encontrarem pessoas trabalhando, recortar e colar em folha com o título: 1º de maio: Dia do trabalho. Cantar com as crianças a Música: Criança não trabalha do Grupo Palavra Cantada.
·       16:45 às 17:30: Aula de Damas.
·       17:30 às 17:45: Saída na brinquedoteca.




QUINTA-FEIRA, 1º DE MAIO
Feriado dia do trabalhador.
SEXTA-FEIRA, 2 DE MAIO
·       14:00 ÀS 14:45: Acolhida. Psicomotricidade.
·       14:45 às 15:30: Trabalhar a música: Criança não trabalha do Grupo Palavra Cantada. Com leitura de imagens e palavras que aparecem na música.

Criança Não Trabalha

Palavra Cantada




Lápis, caderno, chiclete, pião
Sol, bicicleta, skate, calção
Esconderijo, avião, correria, tambor, gritaria, jardim, confusão
Bola, pelúcia, merenda, crayon
Banho de rio, banho de mar, pula cela, bombom
Tanque de areia, gnomo, sereia, pirata, baleia, manteiga no pão
Giz, merthiolate, band-aid, sabão
Tênis, cadarço, almofada, colchão
Quebra-cabeça, boneca, peteca, botão, pega-pega, papel, papelão
Criança não trabalha, criança dá trabalho
Criança não trabalha...
Lápis, caderno, chiclete, pião
Sol, bicicleta, skate, calção
Esconderijo, avião, correria, tambor, gritaria, jardim, confusão
Bola, pelúcia, merenda, crayon
Banho de rio, banho de mar, pula cela, bombom
Tanque de areia, gnomo, sereia, pirata, baleia, manteiga no pão
Criança não trabalha, criança dá trabalho
Criança não trabalha...
Giz, merthiolate, band-aid, sabão
Tênis, cadarço, almofada, colchão
Quebra-cabeça, boneca, peteca, botão, pega-pega, papel, papelão
Criança não trabalha, criança dá trabalho
Criança não trabalha...
1, 2 feijão com arroz
3, 4 feijão no prato
5, 6 tudo outra vez...
Lápis, caderno, chiclete, pião
Sol, bicicleta, skate, calção
Esconderijo, avião, correria, tambor, gritaria, jardim, confusão
Bola, pelúcia, merenda, crayon
Banho de rio, banho de mar, pula cela, bombom
Tanque de areia, gnomo, sereia, pirata, baleia, manteiga no pão


·       15:30 às 16:00: Lanche e higiene.
·       16:00 às 17:30: Mostrar aos alunos 3 garrafas plásticas iguais, colocar na primeira, com ajuda de um funil, água com anilina (para melhor observar a quantidade) até o topo da garrafa, a segunda garrafa estará com água até a metade, a terceira estará vazia. Pedir que os alunos observem as garrafas e perguntar: “Que pode me dizer o que essas garrafas de igual? O que elas tem de diferente?” apontar para cada garrafa e perguntar: “ Essa garrafa está cheia ou vazia?”. Depois colocar 3 garrafas de tamanhos diferentes e questionar qual garrafa é maior, menor, qual cabe mais água, menos água. Pedir aos alunos que, segurando as garrafas possam dizer qual garrafa está leve/pesada. Conversar com os alunos sobre a importância da água e os cuidados que devemos ter para com esse recurso natural e as maneiras de preservar. Fazer atividade sobre o conteúdo trabalhado.
·       17:30 às 17:45: Saída na brinquedoteca.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Modelos de relatórios para o 2º ano

a) Registro (s) do processo de desenvolvimento cognitivo e sócio afetivo do (a) e intervenções pedagógicas realizadas: Arthur Ferreira...